segunda-feira, 24 de maio de 2010

A laranja-lima e a lima da pérsia [ismaEU]

Quando eu era criança, meus pais tinham uma horta ao lado de casa. Durante muitos anos eu não sabia diferenciar as folhinhas de uma cenoura do pé de salsinha. A Aline também é campeã de estar no mercado e ter que perguntar pras pessoas ao redor se aquilo é rúcula, ou se aquilo outro é escarola. Pois não é que quando fui aqui nas vizinhanças ao comércio local comprar laranja lima para Joaquim fiquei logo feliz por ver a plaquinha indicando a fruta? Fiquei feliz e comprei várias "laranjas-lima".

Quinta-feira o primeiro suquinho foi um fiasco só. Joaquim não quis nem saber do suco de "laranja lima". Aline provou e não gostou, e eu achei estranho "tem gosto de lima!". Não era à toa. Mas na minha cabeça como tem fruta que tem um nome num lugar e outro em outro, vai que era aquilo mesmo (pensem na pobre da bergamota-vergamota-tangerina-mexerica-mimosa-etc-etc), bem que podia ser a tal dita cuja. Mas era lima mesmo. Como descobrimos? Ficamos desconfiados, pois o suco era bem azedinho - e todos diziam que tinha que ser docinho. E mais simples: resolvemos procurar em outro local o tipo tal da laranja ideal. Hoje fui num hipermercadão e olhando as frutas entendi tudo, pois lá as plaquinhas estavam corretas. Depois de tentar dar suco de "lima da pérsia" quinta, sexta e sábado, hoje finalmente Joaquim tomou o suquinho doce e suave de laranja lima de verdade.

Fazer o quê? Rir da própria ignorância. Por fim, agora a noite, Joaquim se lambuzou de suquinho. Ainda aprendendo a tomar na mamadeira (todos nós três), as expressões do Joaquim eram muito mais divertidas, enigmáticas, prazerosas.

Ai, ai... são estas pequenas histórias que tornam a vida bonita. Agora para o resto da vida ficaremos contando a trágica história da laranja-lima e da lima da pérsia, as caretas arrepiantes de Joaquim e o deleite babado com o doce da laranja.

Eita, nóis...

4 comentários:

  1. KKKkkkkk!!!!
    Obrigada por fazer meu começo de semana ser divertido, hehehehe!!!
    Eu cometeria o mesmo erro, eu acho, já que não gosto de laranja lima, acho uma coisa muito sem graça. Já o José é um apreciador da iguaria...
    Ah, estamos com saudades!!! Beijos e boa semana!

    ResponderExcluir
  2. Pessoal, não se sintam tão ignorantes no assunto! Vcs não passam por isso sozinhos, hehehehe!

    Fiz a mesma coisa!

    Ontem fui ao mercado municipal procurar frutas orgânicas para testar no meu paladar antes de introduzir na dieta da Olivia, que começa mês que vem. Também comprei lima da pérsia achando q era laranja-lima. Eu adoro suco de laranja e tomo sempre, mas achei que o suco dessa "laranja-lima" orgânica estava muito azeda, "será que é a falta do agrotóxico" - pensei!
    Aqui, no blog de vcs eu desvendei o meu próprio enigma, era "lima da pérsia não é laranja lima"!

    Ufa, agora fiquei tranquila! É só ir atrás da laranja orgânica certa!
    Obrigada por resolverem a minha dúvida, hehehehe!
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Vivendo e aprendendo...pais de primeira viagem têm o direito de cometer esses pequenos deslizes de vez em quando,né?!
    Adorei a montagem com várias fotos do joaquim ali em cima no blog.Lindo,lindo,lindo!
    Boa semana,família!

    ResponderExcluir
  4. Ups! hehe, é bom ler essas coisas logo antes de começar, viu?

    ResponderExcluir